• ÁS VEZES ALEGRIA, OUTRAS VEZES TRISTEZA, MAS SEMPRE MULHER...

sexta-feira, 8 de junho de 2012

Cheia de não ter...

                                                                         

Ás vezes eu sinto que este presente de te" ter" ,não é para mim!
Ás vezes penso que até podia, mas eu sou ...
Cheia de coisas que não posso demonstrar
Cheia de momentos que não posso esconder
Cheia de desejos que não posso querer
Cheia de saudades que eu quero perder
Cheia de palavras que guardo por dizer
Cheia de vidas que não vivi e beijos que não dei
Eu sou cheia de coisas  que jamais partilhei
Cheia de coisas que perdi aqui e ali
Cheia de medos disfarçados e sorrisos rasgados
Cheia de telas transparentes e desenhos abstractos
Cheia de incertezas com sombras dispersas
Eu sou cheia de alegrias ,que soam a despedidas
Cheia de solidões , impossíveis de serem contadas
Cheia do vazio devorador da ingratidão
Cheia de segredos complexos por desembrulhar
Cheia pela ausência arrebatadora da paixão
Eu sou cheia de versos mudos que escrevi
Cheia do ontem e do antes de ontem, irreparável
Cheia de asas de fantasia ,à espera de poder voar
Cheia de vontade de partilhar e amar!
Cheia de surpresas perdidas na memória
Subitamente, lembro o gosto delicioso dos beijos
que não dei, mas que tenho saudades...
Saudades, cumplicidades,vontades
Imagino um lugar para satisfazê-las e para lá morrer
devagarinho...
Cheia de não ter!!
  Se nós crescemos com os golpes duros da vida,também podemos crescer com os toques suaves da alma...                                                             



5 comentários:

  1. Maravilhosas as suas palavras!
    É uma mulher cheia de coisas boas
    não as guarde para si.
    Desejo-lhe uma boa tarde


    (um ilustre desconhecido)

    ResponderEliminar
  2. És uma MULHER cheia de amor
    para dar,gosto de te ver assim
    mais solta.

    "Cheia de vidas que não vivi e beijos que não dei"
    Grande verdade , vives demais para os outros e esqueces
    um pouco de ti.
    Mas já me explicaste e eu admiro-te imenso
    por colocares a tua felicidade em segundo plano
    e ficares a cuidar do teu pai.

    És encantadora ,e uma filha exemplar!!

    Beijinhos querida


    Sylvie

    ResponderEliminar
  3. Adorei aqui, Lindas palavras...
    e com certeza ficarei :)

    espero sua visita, se gostar, ficarei feliz em te ver por lá!!

    Beijos
    http://momentosdapathy.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  4. Já tinha visitado o seu blog
    e nunca me pronunciei mas hoje
    não resisto a dizer que você
    tem uma forma muito intensa de
    demonstrar os seus sentimentos.
    Quem lê , perde-se com o encanto
    e a beleza das suas palavras!!
    Parabéns e não se limite a um blog
    Força.


    Pedro *-*

    ResponderEliminar
  5. muito obrigado pelos comentários. gostei do post, por vezes estamos mesmo cheios de nada e é isso que não nos deixa avançar.
    um beijo,
    rodolfo freitas

    ResponderEliminar

Foi no dia que aprendi a deixar que descobri o verdadeiro significado de se ter !Aqui deixo palavras normais, que pretendem ser doces, para descrever situações, sentimentos, momentos de uma vida completamente normal...
Por tudo isto o seu comentário é muito importante para que eu possa melhorar cada vez mais o blog.
É sempre uma alegria saber que você, consegue um tempinho
para visitar o meu abraço...
Não aprovarei qualquer tipo de linguagem inapropriada, ofensas ou discriminação.Obrigada